Publicações Recentes

Avaliação do Governo Dilma 2011-2014: dimensão econômica

2 de agosto de 2014 / Unipress /

Dando sequência à publicação dos resultados obtidos na coleta de notas dos leitores do blog para a avaliação do governo Dilma 2011-2014, apresentamos hoje os resultados obtidos na dimensão econômica. Ontem, publicamos os resultados da avaliação do governo Dilma na sua dimensão política, campo onde o governo Dilma obteve a sua pior avaliação, conforme demonstrado.

Na dimensão econômica, consultamos os participantes sobre 12 aspectos, a saber:

a) Investimentos em Logística
b) Política para Energia Elétrica
c) Políticas para o Câmbio
d) Políticas de Estímulo ao Emprego
e) Desenvolvimento Científico e Tecnológico
f) Apoio à Agricultura Familiar
g) Política para os Salários
h) Política para o Petróleo
i) Concessões de Aeroportos e Rodovias
j) Políticas de Crédito
k) Estímulo à micro e pequena empresa
l) Política de incentivo de exportações
m) Enfrentamento da inflação

As piores notas foram concernentes às políticas para o petróleo e para o câmbio, quase empatadas, com média de 5,89 e 5,90, respectivamente, numa escala que variava na faixa entre 0 e 10. No caso do petróleo, discordamos desta manifestação dos leitores, e consideramos que ela possa ser influenciada pelo andamento da CPI que investiga a compra pela Petrobrás da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em que alega-se que a Petrobrás perdeu dinheiro.

As melhores notas foram atribuídas ao incentivo às micro e pequenas empresas, com 7,11 e à política de incentivo às exportações, com 7,00, curiosamente, na medida em que a política de câmbio é questionada.

Enquanto na dimensão política, o governo Dilma obteve nota média de 5,76 pontos, no campo econômico a média sobe para 6,38, nota pouco mais de 10% superior à obtida na dimensão política.

Chama a atenção o fato de que o volume de questionamentos da oposição e da imprensa seja tão grande no campo econômico quando o governo tem uma avaliação geral bastante saudável na área.

Seguem as notas para cada um dos aspectos consultados.